Segunda, 28 Março 2011 09:49    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Príncipe Carlos de Inglaterra passa pelo concelho de Odemira
Avaliação: / 0
FracoBom 

 

Príncipe Carlos de Inglaterra visita Portugal e passa pelo concelho de Odemira

O príncipe Carlos de Inglaterra e a mulher, Camilla, duquesa da Cornualha, iniciam hoje uma visita de dois dias a Portugal, na primeira etapa de uma deslocação que os levará ainda a Espanha e Marrocos. Entre os locais a visitar pelo representante da coroa britânica está, terça-feia, a empresa Vitacress, no concelho de Odemira, seguindo depois para a cidade de Évora.
As relações comerciais, as energias renováveis e o mar são temas em destaque nesta visita, segundo a embaixada britânica em Lisboa.
O príncipe de Gales será recebido hoje no Palácio de Belém pelo presidente português, Aníbal Cavaco Silva, depois de uma visita ao Mosteiro dos Jerónimos e da tradicional deposição de uma coroa de flores no túmulo de Luís de Camões.
O programa da visita divulgado pela embaixada do Reino Unido prevê também uma deslocação à base naval do Alfeite, onde o príncipe Carlos deverá entregar um prémio ao melhor estudante de um programa de ensino da língua inglesa a cadetes da marinha portuguesa e visitar o navio-escola Sagres.
À noite, Carlos e Camilla são homenageados num banquete oferecido por Cavaco Silva no Palácio de Queluz.
Depois da visita a Portugal, o casal segue para Espanha e conclui esta "deslocação de primavera" em Marrocos no dia 6 de abril, indica uma nota da Casa Real britânica.
O príncipe de Gales já fez duas visitas oficiais a Portugal, dez a Espanha e duas a Marrocos, de acordo com a mesma nota.

Posted: 2011-03-28 08:49:00

Correio Alentejo

 

 


 

PRÍNCIPE CARLOS EM ODEMIRA E ÉVORA. PRÍNCIPE DESTACOU VITACRESS COMO EXEMPLO DE PRÁTICAS BIOLÓGICAS NA AGRICULTURA

Príncipe Carlos destaca Vitacress como exemplo de práticas biológicas na agricultura. Empresa pretende aumentar escala e rentabilidade da produção biológica. A Vitacress, líder europeu na produção biológica de tomate, agrião e ‘folhas baby’, vai receber, no dia 29 deste mês, a visita do Príncipe Carlos, que se deslocará às estufa.

Veja Grupo RAR Sociedade de Controle (Holding), SA, sociedade gestora de participações sociais, desde a sua constituição em 1981

Veja Vitacress Líderes Europeus no embalamento de Legumes

 

s de Alcochete de modo a se inteirar das práticas agrícolas sustentadas, desenvolvidas pela empresa.

Durante a visita estarão em destaque alguns procedimentos, tais como os mecanismos desenvolvidos para o tratamento orgânico dos solos, a alimentação energética – incluindo os projectos de utilização de energias renováveis e o aproveitamento de CO2 – e ainda, a utilização de abelhas como polinizadoras naturais.

Desafio é criar escala na produção biológica

Em Portugal, 70% do tomate produzido pela Vitacress já é biológico. Relativamente às saladas e legumes, a produção biológica representa actualmente 5%, embora nos planos da empresa esteja um crescimento de dois dígitos ao longo dos próximos 5 anos.

Segundo os responsáveis da empresa, a produção biológica, mais do que uma opção, é uma obrigação, dado o seu enorme potencial face à exigência dos consumidores. O crescimento muito expressivo que se espera exige preparação, por exemplo, ao nível do tratamento dos solos. Actualmente, já 10% dos solos que a empresa cultiva estão preparados para agricultura biológica.

Os consumidores estão informados e atentos e procuram produtos biológicos pelas suas vantagens em termos de gastronomia e saúde. Para Luís Mesquita Dias, director-geral da Vitacress em Portugal, ‘o desafio é produzir a gama biológica a uma escala rentável para todos e, nesse sentido, os actuais resultados são um indicador muito positivo e encorajador’.

A ‘agricultura biológica’, que nasce do reconhecimento da relação directa entre a saúde e a alimentação, é sujeita a regulamentação e aposta claramente na defesa da natureza e do ambiente. Entre as medidas seguidas pela Vitacress encontram-se o enriquecimento natural dos solos e o recurso a factores naturais (como outras plantas e animais) para controlar pragas e doenças das colheitas. Está proibido o uso de fertilizantes químicos e de sementes geneticamente modificadas
(OGM).

As três variedades, cuja produção biológica é liderada a nível europeu pela Vitacress – tomate, agrião e ‘folhas baby’ -, são produzidas no sul de Inglaterra e em Portugal, em Alcochete, Almancil e Odemira.


Vitacress: Uma história de sucesso

A Vitacress Salads tem origem em 1950, no Reino Unido, e foi adquirida pelo Grupo RAR em 2008. Centra a sua actividade na produção, exploração, lavagem e embalamento de produtos hortícolas de IV gama e é um dos líderes europeus na produção e comercialização de agrião, salada de folhas tenras, espinafre, ervas frescas aromáticas e tomate fresco.

Com um volume de negócios anual de 150 milhões de libras, emprega cerca de 2 000 pessoas e está presente no Reino Unido, Portugal e Espanha, explorando, no total, cerca de 1 200 hectares de terrenos agrícolas e 70 hectares de estufas tecnologicamente evoluídas.

A actividade em Portugal teve início nos anos 70 com grande sucesso, devido ao clima ameno que garante uma produção mais eficaz do que a verificada em Inglaterra. Na sequência dos bons resultados obtidos, a Vitacress Salads cria, em 1986, uma grande exploração em

Odemira, no Alentejo, hoje a sede do grupo Vitacress em Portugal. Para além desta exploração, conta ainda com unidades em Almancil e em Alcochete, concentrando em Portugal cerca de 45% da sua produção total.

A Vitacress Ltd concentra todas as operações do Grupo RAR no mercado de produtos frescos e inclui as empresas Vitacress Salads, Wight Salads, Lighthorne Herbs e a especialista em ervas aromáticas Van Heyningen Brothers, adquirida em 2010.

Em Portugal a Vitacress registou, em 2010, um crescimento na facturação de 17% face ao ano anterior, do qual as saladas são responsáveis por 70%. Em termos de produção, foram embaladas em 2010 cerca de 8 mil toneladas, com destaque para a rúcula, o espinafre e o agrião.

Do total da produção em Portugal, 40% é destinado à exportação, sobretudo para o mercado britânico. Para 2011, está estimado um aumento do volume de exportação de cerca de 6%.

A quota de mercado total da Vitacress em Portugal situa-se nos 30%, o que significa que actualmente cerca de um terço dos legumes e saladas prontos a consumir que se vendem em Portugal são produzidos pela empresa.

A Vitacress garante actualmente cerca de 300 postos de trabalho em Portugal e tem em exploração uma área total de 300 hectares.


Sobre a Vitacress
A Vitacress, empresa do Grupo RAR, é um dos líderes europeus na produção e comercialização de agrião, salada de folhas tenras, espinafre (Vitacress Salads), ervas frescas aromáticas (VHB) e tomate fresco produzido em estufas de vidro (Wight Salads). A empresa está presente no Reino Unido, Portugal e Espanha, explorando cerca de 750 hectares agrícolas e 70 hectares de estufas tecnologicamente avançadas.
www.vitacress.com
http://www.facebook.com/vitacress

Sobre o Grupo RAR
O Grupo RAR, um dos principais grupos económicos portugueses, integra um portfólio de negócios diversificado, que inclui as áreas de embalagem e contract manufacturing, alimentar, imobiliária, serviços e turismo. Com vendas de cerca de mil milhões de euros e mais de seis mil colaboradores, está presente em Portugal, Alemanha, Brasil, Espanha, Polónia e Reino Unido.

 

antenasul

 

 




Tags: vitacress  portugal  uma  produção  que  dos  para  príncipe  empresa  biológica  carlos  visita  cerca  com  grupo  espanha  pela  rar  são  está  
Actualizado em ( Segunda, 28 Março 2011 20:08 )
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.