Sexta, 03 Junho 2011 14:24    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Suicídio é consequência da falta de apoios à população idosa e comportamentos enraizados
Avaliação: / 0
FracoBom 

Sociedade


Suicídio é consequência da falta de apoios à população idosa e comportamentos enraizados

O médico psiquiatra Fernando Areal defendeu hoje que os idosos no Alentejo se suicidam por “não lhes restar outra solução” e devido a um “enraizamento” de comportamentos com mais de um século.

Em declarações à agência Lusa, o clínico, que foi responsável pelo Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Hospital de Beja durante cerca de três décadas, referiu que a região “foi sempre muito desprezada do ponto de vista dos apoios” e, durante muitos anos, foram “só os psiquiatras a falar” sobre o problema.

Debatendo-se com “carências de toda a ordem”, aos idosos “mais desprotegidos” restava-lhes a solução do suicídio e, apesar das melhorias verificadas ao nível da assistência médica e social, o psiquiatra considera que “este problema vai continuar”, porque ainda há “franjas de idosos isolados, depressivos e sozinhos”.

Fernando Areal relacionou também as elevadas taxas de suicídio no Alentejo, sobretudo em Odemira (superior a 50 por 100 mil habitantes), com um “enraizamento de comportamentos com mais de 100 anos”, sendo que, em determinadas zonas, como Sabóia, freguesia do concelho de Odemira, “um indivíduo suicidar-se é um ato de honra e não tem nada de negativo”.

Para o psiquiatra, o problema tem de “ser trabalhado a nível das freguesias onde a taxa de suicídio é mais elevada” e congratulou-se por estar a ser construído, no Hospital de Beja, um internamento para doentes do foro psiquiátrico, apesar de considerar que tal já deveria ter acontecido há muito mais tempo.

Mário Jorge Santos, responsável pela área de Saúde Mental na Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde Alentejo Litoral, explicou à Lusa que, para ajudar na prevenção do suicídio na região, estão a ser utilizadas as unidades móveis de saúde de Odemira e Santiago do Cacém.

A “missão” destas unidades é identificar os habitantes dos montes, onde vivem, muitas vezes, apenas uma ou duas pessoas isoladas, de forma a saber-se “onde estão, quem são e quantos são”, estratégia que, no entender do clínico, será “determinante para diminuir a taxa de suicídio no Alentejo”.

Os médicos participaram esta tarde num fórum de discussão sobre o suicídio no Alentejo, no âmbito das VIII Jornadas de Saúde Mental do Alentejo, integradas no evento sobre saúde mental Praxis Mentis - Caminhos na Mente, a decorrer em Sines até sábado.

No mesmo debate, o psiquiatra Bessa Peixoto defendeu a necessidade de ser criado, em Portugal, um programa de saúde mental com um plano nacional de prevenção do suicídio, conforme preconizado pela Organização Mundial de Saúde.


Lusa



Tags: suicídio  saúde  que  alentejo  mais  mental  comportamentos  com  ser  apoios  para  psiquiatra  odemira  das  problema  sobre  lusa  onde  por  idosos  
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.