Domingo, 26 Junho 2011 23:31    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Amor, ciúme & morte nas Fornalhas Velhas
Avaliação: / 3
FracoBom 

SEXTA-FEIRA, 24 DE JUNHO DE 2011

Amor, ciúme & morte nas Fornalhas Velhas

São terras antigas. Telúricas. De muito romance de cordel. Vidas autênticas e ainda não plastificadas. Onde ainda se mata por amor. Reza assim a notícia: 

Mulher manda matar bruxo a quem pediu a morte de filho deficiente

por Rosa Ramos, Publicado em 25 de Junho de 2011   
M. queria que o filho, deficiente, morresse e contratou um pai-de- -santo brasileiro, com quem se envolveu
A história é sórdida do princípio ao fim: uma mulher de Odemira conhece um brasileiro, alegadamente pai-de-santo, em Cascais, e encomenda-lhe a morte do seu próprio filho deficiente. M. encontra-se com o bruxo e paga-lhe 20 mil euros para que este, "provavelmente com o recurso a bruxarias", se encarregasse de matar o rapaz, contou ao fonte da Polícia Judiciária (PJ).

Com o passar do tempo, a mulher e o bruxo brasileiro envolvem-se sexualmente e passam a encontrar-se com regularidade. Mas a relação rapidamente azeda, porque M. continua a insistir na morte do filho - que tardava em acontecer. A dada altura, a mulher decide mesmo exigir a devolução dos 20 mil euros que teria pago ao brasileiro, mas é chantageada pelo homem: se continuasse a pedir os 20 mil euros, o bruxo contaria a toda a gente que ela estava interessada em matar o próprio filho. Para recuperar a quantia, a mulher terá então contratado os serviços de um homem ucraniano que conhecia, também residente nos arredores de Odemira, para "fazer desaparecer" o bruxo. 

Há dois meses, M. terá então convidado o pai-de-santo para jantar em sua casa e apresentou--lhe o ucraniano. O objectivo do encontro, acredita a PJ, terá sido "preparar a sua morte". Para isso, e para que o bruxo não oferecesse resistência, embebedaram-no. O emigrante ucraniano terá dito que não tinha carro para regressar a casa - numa propriedade isolada no concelho de Odemira. O brasileiro ter-lhe-á dado boleia e terá sido durante esse trajecto que foi assassinado, "de forma violenta", descreve a PJ. Antes de morrer, o pai-de-santo foi "brutalmente espancado" e o cadáver foi enterrado "numa das extremidades" da propriedade do ucraniano. A PJ de Setúbal, que investigava o desaparecimento do brasileiro, encontrou o corpo e desenterrou-o com a ajuda da Protecção Civil e dos bombeiros. O ucraniano e a mulher, portuguesa, estão detidos a aguardar interrogatório judicial. 

Rosa Ramos

ionline



ALENTEJO

PJ resgata cadáver de brasileiro morto e enterrado

por Lusa24 Junho 2011

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje ter procedido ao resgate do cadáver de um homem, de nacionalidade brasileira, que tinha sido morto e enterrado numa quinta no Alentejo.

Fonte dos bombeiros adiantou hoje à Agência Lusa que o resgate do cadáver ocorreu na quinta-feira em Fornalhas Velhas, no concelho de Odemira, distrito de Beja. O cadáver foi transportado para o Instituto Nacional de Medicina Legal (INML), em Lisboa, indicou a mesma fonte.

Segundo um comunicado da PJ, o desaparecimento do homem foi participado há cerca de dois meses, tendo sido "desenvolvidas diligências imediatas na sequência do aparecimento da viatura" em que se fazia transportar.

Segundo a Judiciária, "concluiu-se que a vítima, residente em Cascais, mantinha relações íntimas com uma mulher a viver no Alentejo, tendo sido atraído para um jantar no qual participou um outro indivíduo, que teve como finalidade preparar a sua morte".

"A vítima foi suficientemente embriagada, a fim de não poder oferecer resistência física, tendo sido brutalmente espancada e posteriormente enterrada numa das extremidades da propriedade", refere o comunicado.

Ambos os alegados autores do homicídio foram detidos, encontrando-se a aguardar a sua apresentação às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coacção adequadas.

No resgate do cadáver, a Polícia Judiciária contou com a colaboração do Serviço de Proteção Civil e dos Bombeiros Voluntários de Odemira.

dn


Estava desaparecido há dois meses

Cadáver de brasileiro enterrado em quinta alentejana

O desaparecimento foi participado há dois meses e a Polícia Judiciária (PJ) desvendou agora o mistério: um brasileiro foi encontrado morto e enterrado numa quinta alentejana, no concelho de Odemira.

Vítima foi embriagada e violentamente espancada

Antes, já tinha aparecido o carro da vítima, que residia em Cascais.

De acordo com a PJ, o homem tinha um caso com uma mulher e foi atraído para um jantar em que participou um outro indivíduo, que preparou a sua morte.

“A vítima foi suficientemente embriagada, a fim de não poder oferecer resistência física, tendo sido brutalmente espancada e posteriormente enterrada numa das extremidades da propriedade”, referem as autoridades num comunicado, divulgado esta sexta-feira.

Ambos os autores foram detidos, encontrando-se a aguardar a sua apresentação às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coacção.

No resgate do cadáver, a Polícia Judiciária contou com a colaboração do Serviço de Protecção Civil e dos Bombeiros Voluntários de Odemira.

cmjornal


"Filho" de curandeiro assassinado diz que ele não prometeu cura

PJ usou especialista em esoterismo para resolver crime. Detidos em preventiva

00h49m

CARLOS VARELA

O filho espiritual do brasileiro assassinado em Alvalade, Odemira, garante que o "pai" não prometeu curar o filho da mandante do crime, que ficou em prisão preventiva, assim como o autor material, num quadro da crença iemanja, que levou a PJ a recorrer a um especialista na área.

 
"Filho" de curandeiro assassinado diz que ele não prometeu cura
"Pai Jorge" foi assassinado em Alvalade
 

A revelação é de Vítor Carreira, ao JN, que se assume como o "filho espiritual" de José Carlos Araújo de Oliveira, de 54 anos, o curandeiro cujo corpo foi encontrado pela Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal, em Alvalade, o que pôs fim ao misterioso desaparecimento do brasileiro, há dois meses.

Jornal de Notícias

fggfgfffg

Tags: que  para  foi  com  brasileiro  filho  mulher  morte  cadáver  odemira  judiciária  não  sido  bruxo  numa  pai  polícia  sua  dos  ucraniano  
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.