Domingo, 03 Julho 2011 14:53    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
MOÇÃO,Apresentada pelo PS na Assembleia Municipal de Odemira
Avaliação: / 0
FracoBom 

MOÇÃO 

Apresentada pelos eleitos do Partido Socialista na Assembleia Municipal de Odemira e
aprovada por unanimidade, na sessão ordinária deste Órgão, realizada no dia 21/06/2011.
“Odemira é o maior concelho da Europa com 1719 km2 de área, 17 freguesias, possui estradas
em más condições, tem cerca de 26000 habitantes residentes, e um grande número de
população flutuante como veraneantes e comunidades de várias nacionalidades que por
motivos de trabalhos permanecem no seu território a maior parte do ano.
Através do despacho n.º 727/2007, publicado no Diário da República n.º 10, 2ª série, de 15 de
Janeiro de 2007, foram definidos as características dos Serviços de Urgência Básica e os
critérios para a localização em que definia “…em que, pelo menos para uma parte, a
acessibilidade em condições normais seja superior a sessenta minutos em relação ao serviço de
urgência médico-cirúrgico ou polivalente mais próximo”.
Qualquer um dos hospitais mais próximos do SUB de Odemira dista mais de sessenta minutos
sendo para além disso o percurso efectuado em estradas sinuosas e em muito mau estado.
Nos últimos anos temos assistido a uma melhoria da oferta de cuidados de saúde no âmbito da
urgência no concelho de Odemira. Primeiro com a criação do SUB, em 2007, que veio permitir
a prestação dos serviços de urgência por uma equipa constituída por dois médicos e dois
enfermeiros, no turno da noite, rx 24 horas, administrativo à noite, e no mesmo ano foi
implementada a ambulância SIV que veio aumentar a qualidade do apoio pré-hospitalar.
A criação destes dois serviços de saúde deveu-se às características então identificadas do
concelho de Odemira, nomeadamente as suas carências no que se refere ao acesso aos cuidados
de saúde em tempo útil em situações de urgência e emergência. Nos últimos meses temos vindo a assistir a uma redução significativa na qualidade dos
cuidados de saúde prestados aos munícipes de Odemira e visitantes. Primeiro foi a retirada do
administrativo que assegurava o serviço no período nocturno, sendo agora esse serviço
assegurado pelo segurança. Recentemente a SIV foi integrada no SUB, o que se traduziu na
prática pela integração do enfermeiro da SIV que, enquanto não está em trânsito, assegura os
serviços no SUB. Com esta alteração foi retirado um dos dois enfermeiros do SUB.
Julgamos o aproveitamento de recursos existente uma boa prática, podendo este elemento novo
efectuar serviços como a Triagem de Manchester, obrigatória nas SUB, o que não podemos
concordar é que o aproveitar desses recursos venha contribuir, não para uma melhoria dos
serviços prestados, mas sim para uma redução de efectivos na prestação de cuidados à nossa
população.
Na prática desde que a ambulância SIV foi integrada no SUB, muitas vezes tem estado um só
enfermeiro na urgência, com dois médicos a prescrever, tornando impossível igualmente a
transferência inter-hospitalar durante a ausência do SIV.
A integração das ambulâncias SIV nos SUB é um projecto que está a acontecer a nível
nacional. No Algarve as SIV de Loulé, Tavira e Vila Real de Santo António que integram o
SUB, têm sempre três enfermeiros escalados, sendo que o elemento afecto à ambulância SIV
enquanto não é activado para o pré-hospitalar ou inter-hospitalar faz a Triagem de Manchester.
Em Elvas a SIV também integrou o SUB, e tem escalados nunca menos de quatro enfermeiros.
Qualquer destes SUB tem melhores acessibilidades e distâncias mais curtas aos hospitais e
outros SUB.
A população tem a percepção de que o SIV, nas últimas semanas, não tem saído para situações
que habitualmente sairia, como o caso de acidentes.
Em Odemira a vida valerá menos? Terão de ser sempre os mais carenciados a sofrer as
medidas de austeridade? A Assembleia Municipal de Odemira vem por este meio mostrar a sua indignação face à
maneira como a nossa população foi mais uma vez tratada.
Solicitamos que o enfermeiro entretanto retirado do SUB seja aí novamente colocado e que os
serviços administrativos sejam assegurados por pessoal qualificado 24 horas por dia.
Solicitamos esclarecimentos sobre os critérios de accionamento da SIV e se eles terão sido
alterados nas ultimas semanas e quais os critérios subjacentes à integração do SIV no SUB de
Odemira.
Odemira. 21 de Junho de 2011
Esta moção deverá ser enviada para:
- Exmo. Senhor Ministro da Saúde
- Exma. Senhora Presidente do Conselho Directivo da Administração Regional de Saúde do
Alentejo, IP
- Exmo. Senhor Director do Agrupamento de Centros de Saúde do Alentejo Litoral
- INEM”
A PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL,
Natália Cabecinha



Tags: que  sub  siv  odemira  por  para  serviços  uma  saúde  urgência  foi  mais  tem  dos  dois  assembleia  municipal  não  enfermeiros  cuidados  
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.