Sexta, 17 Fevereiro 2012 12:53    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Matadouro do Litoral Alentejano já iniciou laboração, após investimento de 5ME
Avaliação: / 0
FracoBom 

Pecurária: Matadouro do Litoral Alentejano já iniciou laboração, após investimento de 5ME
O Matadouro do Litoral Alentejano (MLA), no concelho de Odemira, fruto de um investimento de cerca de cinco milhões de euros, já iniciou a primeira fase de laboração, revelou hoje o município, acionista da sociedade gestora. 

O matadouro “iniciou a primeira fase de laboração da unidade industrial, com os testes de linha”, efetuando “um abate experimental de animais”, adianta a Câmara Municipal de Odemira. 

Situado em Fornalhas Velhas, na freguesia de Vale de Santiago, no interior daquele concelho alentejano do distrito de Beja, o matadouro é uma aspiração antiga, com mais de uma década, de produtores de gado da zona. 

O equipamento, que resulta de um investimento que ronda os cinco milhões de euros e prevê a criação de cerca de 20 postos de trabalho, está equipado com três linhas de abate. 

A capacidade de abate, por hora, é de 15 bovinos, 100 leitões e 90 porcos, borregos ou cabritos, explica a autarquia. 

“Para rentabilizar a unidade e melhorar a qualidade do produto, o MLA está equipado com a mais moderna tecnologia, como a mecanização de todas as linhas, a insensibilização por CO2, o escaldão vertical ou o túnel de arrefecimento rápido de carcaças”, pode ainda ler-se no comunicado camarário. 

O início de testes, segundo o mesmo acionista, “é um momento decisivo para o MLA, não só por constituir o início de atividade da unidade industrial de abate, mas pelo culminar da dedicação e esforço das entidades envolvidas, que muito investiram e acreditaram” no projeto. 

Localizada “no seio da produção pecuária” dos concelhos de Odemira, Ourique e Santiago do Cacém, a unidade vai ter um “papel determinante” na região, já que vai permitir “completar a fileira da carne no território, desde a produção até à venda ao consumidor”, reforça a entidade gestora. 

“O MLA permitirá fixar na região um conjunto de mais-valias, uma vez que a diferenciação da qualidade dos produtos ganha, com o início de laboração do matadouro, um vetor fundamental de desenvolvimento”, acrescentam os promotores. 

De acordo com o município de Odemira, a escassez de unidades de abate na região, os preços competitivos e a centralização do MLA face à produção "são indicadores que apontam para uma boa adesão dos produtores e uma clara rentabilização económica do investimento". 

A sociedade do MLA foi criada, no final de 2003, por produtores pecuários e entidades ligadas ao setor, com o envolvimento também da Câmara de Odemira e de uma entidade bancária, que detêm mais de 90 por cento do capital social.

Redacção DORS
20:32 segunda-feira, 13 fevereiro 2012


Tags: que  matadouro  com  uma  mla  investimento  laboração    alentejano  por  iniciou  abate  odemira  unidade  mais  litoral  após  produtores  dos  região  
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.