Quarta, 23 Janeiro 2013 01:05    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Câmara de Odemira diz que mau tempo causou prejuízos de 2 milhões de euros
Avaliação: / 0
FracoBom 

23/01/2013 - 00h05

Câmara de Odemira diz que mau tempo causou prejuízos de 2 milhões de euros

O mau tempo deixou “um rasto de destruição” nas produções agrícolas do concelho de Odemira, onde os prejuízos são superiores a 2 milhões de euros, revela a Câmara. 

Os ventos fortes e a chuva intensa destruíram culturas e estufas, sobretudo na faixa litoral do concelho. Neste momento está em curso o levantamento exaustivo de todos os estragos provocados.

O município revela que “os estragos provocados pela intempérie incidiram sobretudo na agricultura, mas registaram-se igualmente danos na rede viária municipal, em habitações e equipamentos, bem como longos períodos de corte no fornecimento de energia eléctrica”. 

Posted: 2013-01-23 00:05:00

radiopax


15h07 - terça-feira, 22/01/2013

Mau tempo causa prejuízos 
de dois milhões em Odemira

Os prejuízos causados pelo mau tempo no concelho de Odemira são superiores a dois milhões de euros e podem colocar em causa o futuro de algumas explorações agrícolas.
Segundo apurou o “CA”, os ventos fortes registados na noite de sexta-feira e na madrugada de sábado, dias 18 e 19, afectaram gravemente o Litoral Alentejano, onde algumas explorações agrícolas e horto-frutícolas ficaram com 80% das suas estruturas danificadas e grande parte das produções comprometidas.
“A situação em Odemira é muito preocupante e põe em causa, inclusivamente, a continuidade de algumas explorações”, sintetiza ao “CA” o presidente da Câmara de Odemira, precisando que o prejuízo é superior “a dois milhões de euros”.
De acordo com José Alberto Guerreiro, “há explorações que têm 80% das suas estruturas e das produções afectadas”, sendo que grande parte delas tem “contratos de fornecimento desses produtos, alguns deles para exportação”, a que não poderão dar resposta.
Além destes prejuízos imediatos, o autarca teme que a situação se agrave nos próximos dias, dadas as previsões de mau tempo, e venha a prejudicar também os trabalhadores das explorações mais afectadas. 
“Neste momento, há algumas dezenas de postos de trabalho em risco precisamente porque alguns dos agricultores deixaram de ter condições para cumprir os contratos que tinham de fornecimento”, admite José Alberto Guerreiro.
Além dos prejuízos na agricultura, a Câmara de Odemira registou também danos na rede viária municipal, em habitações e equipamentos.
No caso da agricultura, os estragos do mau tempo nas explorações do concelho de Odemira estão a ser avaliados pela Associação de Horticultores do Sudoeste Alentejano e pela Associação de Beneficiários do Mira. A informação será depois transmitida aos serviços do Ministério da Agricultura.
Entretanto, a ministra Assunção Cristas afirmou esta segunda-feira, 21, que os agricultores podem recorrer ao Proder – Programa de Desenvolvimento Rural e a linhas de crédito bancário para pagar os prejuízos provocados pelo mau tempo, mas sem adiantar valores.
Correio Alentejo

Odemira com mais de dois milhões de euros de prejuízos na agricultura

O mau tempo dos últimos dias destruiu vários campos de cultivo e estufas no concelho alentejano de Odemira, sobretudo na zona litoral, causando prejuízos superiores a dois milhões de euros, revelou esta terça-feira o município.

"As más condições meteorológicas que assolaram o território do concelho de Odemira, entre quinta-feira e domingo, deixaram um rasto de destruição nas produções agrícolas", lê-se em comunicado enviado pela Câmara Municipal de Odemira à agência Lusa.

De acordo com a autarquia, está a ser realizado "o levantamento exaustivo de todos os estragos provocados", estimados, atualmente, em mais de dois milhões de euros.

Além dos prejuízos na agricultura, o município refere "danos na rede viária municipal, em habitações e equipamentos".

Durante estes dias, a população foi ainda afetada por "longos períodos de corte no fornecimento de energia elétrica" e interrupções na circulação rodoviária, devido à queda de árvores em diversas estradas do concelho.

Jornal de Notícias


 




Actualizado em ( Quarta, 23 Janeiro 2013 11:16 )
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.