Quarta, 27 Novembro 2013 13:20    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escolas do Alentejo fazem compostagem
Avaliação: / 0
FracoBom 

14h00 - segunda-feira, 25/11/2013

Escolas do Alentejo
fazem compostagem

Trinta e cinco escolas de sete concelhos do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral vão poder produzir adubo para as suas hortas biológicas a partir dos restos das cantinas.
A acção pretende incentivar os alunos a fazer compostagem, reutilizando os resíduos das cantinas e dos jardins para produzir fertilizante orgânico, explica à Agência Lusa a responsável pelo projecto, Mónica Pereira.
Para tal, indica, foram instalados compostores em escolas com cantina dos concelhos de Alcácer do Sal (cinco), Aljustrel (duas), Ferreira do Alentejo (uma), Grândola (cinco), Odemira (sete), Santiago do Cacém (dez) e Sines (cinco), num investimento de quatro mil euros.
Ao receberem os equipamentos, os alunos assistiram a uma demonstração de como funcionam, uma vez que os resíduos, que podem ser ramos, folhas secas e verdes, cascas de legumes e frutos, devem ser depositados por uma ordem específica.
Quando o composto estiver pronto, refere Mónica Pereira, poderá ser usado para fertilizar as terras das hortas biológicas, incentivando-se também a sua criação.
Segundo a responsável, a nível ambiental, o “maior benefício” desta acção é a “redução de resíduos depositados em aterro” sanitário, pois seria esse o seu destino caso não fossem reutilizados.
A iniciativa está a ser posta em prática pela Ambilital, empresa intermunicipal, sediada em Santiago do Cacém, que gere os resíduos dos sete concelhos alentejanos que formam a Associação de Municípios Alentejanos para a Gestão Regional do Ambiente (AMAGRA), abrangendo uma população de cerca de 120 mil habitantes.

Correio Alentejo



 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.