Sexta, 14 Fevereiro 2014 05:51    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Agricultores de Odemira fazem balanço provisório de 2 milhões de euros de prejuízos
Avaliação: / 0
FracoBom 

Mau tempo: Agricultores de Odemira fazem balanço provisório de 2 milhões de euros de prejuízos
O mau tempo das últimas semanas provocou prejuízos que poderão ultrapassar os dois milhões de euros em explorações agrícolas de Odemira, no Alentejo, com estufas e plantações danificadas, avançou hoje uma associação do setor. 

Mais de 20 hectares de estufas e túneis de plástico para a produção de frutos vermelhos foram destruídos pela força do vento, disse hoje à agência Lusa o presidente da Associação de Horticultores do Sudoeste Alentejano (AHSA), que ainda está a contabilizar as perdas totais. 

Apesar de ser ainda um balanço provisório, Paul Dolleman estima que os prejuízos nos terrenos agrícolas do perímetro de rega do Mira rondem os dois milhões de euros, mas admite que o montante possa ser superior. 

No perímetro de rega do Mira, abastecido pela barragem de Santa Clara, estão implantados cerca de 140 hectares de estufas e túneis de frutos como framboesas, morangos e mirtilos. 

Os ventos fortes que têm soprado no litoral do Alentejo e que se intensificaram no último sábado, à passagem da tempestade “Stephanie”, deixaram também marcas nas plantações ao ar livre. 

Segundo Paul Dolleman, uma das empresas afetadas foi a Vitacress, que tem duas quintas no concelho de Odemira, uma das quais, na Azenha (Brejão), faz toda a produção ao ar livre, de produtos hortícolas como ervas aromáticas, vários tipos de alfaces, couve chinesa, acelgas, espinafres e rúcula. 

Há cerca de um ano, esta quinta também foi muito afetada pelo mau tempo, tendo os responsáveis indicado à Lusa que cerca de 90 por cento das colheitas teriam ficado danificadas. 

Nestas culturas, o efeito do vento e a projeção de areia provocam um efeito de queimadura que inutiliza os vegetais até que se regenerem, o que pode demorar mais de um mês ou nunca acontecer. 

“Facilmente se perdem áreas de 10 a 20 hectares, que foi o caso, com culturas que começaram já a germinar”, explicou o presidente da AHSA. 

O dirigente acredita que, no início da próxima semana, já estejam contabilizadas as perdas de todos os produtores da região. 

Em janeiro de 2013, o mau tempo destruiu mais de 25 hectares de estufas no concelho de Odemira e causou prejuízos que ultrapassaram “largamente” os dois milhões de euros.

.diariOnline RS com Lusa
16:30 quinta-feira, 13 fevereiro 2014


Tags: que  euros  milhões  odemira  prejuízos  tempo  mau  balanço  estufas  provisório  das  hectares  agricultores  uma  com  fazem  mais  lusa  cerca  dois  
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.