Sexta, 20 Junho 2014 11:14    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
“Viver com alegria e saúde”
Avaliação: / 0
FracoBom 

“Viver com alegria e saúde”

 

A praia do Almograve foi exígua para receber os cerca de 1 500 participantes na edição de 2014 das Brisas do Atlântico, um evento desportivo multidisciplinar, também caracterizado pela vertente social.

Texto e fotos Firmino Paixão

A correr e a patinar, a pedalar e a caminhar, do Almograve para destinos diferentes, tendo em comum o desejo de cimentar hábitos de vida saudável. Em Zambujeira do Mar estavam traçadas as metas das modalidades competitivas (atletismo, patinagem de velocidade, run & bike, estafetas e desporto adaptado); o portinho de pesca da Lapa das Pombas acolheu o pedestrianismo; São Teotónio e Cavaleiro foram os pontos de chegada dos praticantes de cicloturismo e BTT. 
À diversidade da prática desportiva aliou-se a descentralização do evento por diversas freguesias do concelho de Odemira por onde sopra essa pura e fresca brisa atlântica que transporta a componente de solidariedade acrescentada a esta grande organização do município. 
As novidades do ano foram o recuo do ponto de partida da povoação do Almograve para a orla atlântica e a ausência da prova de canoagem que, em anos anteriores, se associou ao evento, sendo que o estado do mar condiciona muitas vezes a prática desta modalidade. O Encontro Nacional de Atividade Física Sénior e a apresentação do evento Jorge Pina Corre Portugal Por Uma Causa foram outros momentos relevantes e potenciadores do slogan promocional do concelho que tem “As melhores praias de Portugal”.
Oportunidade para o presidente do município, José Alberto Guerreiro, sublinhar que as Brisas são: “Um complemento que caracteriza o dinamismo, não só da prática desportiva saudável, mas também de toda esta envolvente ambiental que temos aqui no concelho”. E referiu: “O número de participantes tem vindo sempre a crescer e, este ano, com a alteração no local da partida tentámos trazer o evento um pouco mais para a brisa atlântica, que é exatamente a designação da prova e estamos satisfeitos”.
Sobre a vertente social das Brisas do Atlântico, o autarca recordou: “Os montantes da receita que é obtida com as inscrições nesta prova são sempre destinados, na sua totalidade, a uma instituição. Cada pessoa que se inscreve dá um pequeno contributo, recebe a camisola alusiva às Brisas do Atlântico e tem direito ao almoço convívio, a transporte, se for o caso disso, mas obviamente que o seu contributo não é para amortizar o investimento, mas para ajudar uma instituição”. Em anos anteriores foram os Bombeiros, este ano, a Associação de Paralisia Cerebral de Odemira. “Temos sempre esse objetivo de ajudar uma instituição do concelho e desta forma as pessoas sentem que estão a fazer bem a si e bem aos outros”, sublinhou o autarca. E adiantou: “Por outro lado também quero dizer que é importante sentirmos que as pessoas estão preocupadas com a sua saúde, muitas delas participam nesta prova não pela competição, mas pelo convívio e para melhorarem as suas práticas de vida saudável e isso para nós é uma satisfação porque o município tem o dever de apoiar as iniciativas de práticas desportivas saudáveis”. 
O antigo pugilista e maratonista paraolímpico, invisual, apresentou nesta edição das Brisas o evento Jorge Pina Corre Portugal por Uma Causa, através do qual percorrerá o País em 10 dias, com passagem pelo concelho de Odemira, uma iniciativa que, segundo José Alberto Guerreiro, “acrescenta valor a todo o nosso território e que, obviamente, não podemos deixar de apoiar”. 
Sobre o Encontro Nacional de Atividade Física Sénior, o autarca considerou um exemplo que “desenvolve práticas de vida saudável” e apelou àqueles que são, especialmente, mais visados, que são as populações que têm já uma vida sedentária, para que não o façam e para que tenham alguma atividade. “Foi um dia muito interessante, com algumas diferenças relativamente a edições anteriores, mas o objetivo continua a ser o mesmo, viver com alegria e saúde”, concluiu.

da.ambaal.p




Tags: que  para  uma  com  evento  das  brisas  mas  são  não  por  concelho  foram  saudável  vida  tem  prova  almograve  saúde  atlântico  
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.