Sexta, 25 Julho 2014 16:05    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Quercus diz que novo regime de arborização levou a "aumento desenfreado" de eucalipto
Avaliação: / 0
FracoBom 

 

 

 

Quercus diz que novo regime de arborização levou a "aumento desenfreado" de eucalipto

24-07-2014 14:19 | País
Fonte: Agência Lusa

Lisboa, 25 jul (Lusa) - A Quercus confirmou hoje os seus receios relativamente ao novo regime de arborização que diz ter levado a um "aumento desenfreado" de novas plantações de eucaliptos autorizadas, o que pode criar condições para a propagação de incêndios.

A associação ambientalista "mostra-se muito apreensiva", após a análise dos resultados publicados sobre o novo regime jurídico de arborização e rearborização, considerando que "confirmam os piores receios de aumento desenfreado das monoculturas de eucalipto".

Esta alteração relaciona-se, explica em comunicado, com o desaparecimento de condicionantes à sua instalação, "contrariando a necessidade de promover um correto ordenamento florestal, de forma a prevenir os incêndios" florestais.

Os ambientalistas citam os recentes indicadores do regime jurídico aplicável às ações de arborização e rearborização do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), para o período de 17 de outubro de 2013 a 17 de junho de 2014, em que foi proposto arborizar e rearborizar 9.165 hectares.

"É hoje por demais evidente que este instrumento legal serviu apenas para viabilizar as autorizações para a instalação de eucaliptais, num claro favorecimento das celuloses, apesar do eucalipto ser já a espécie mais abundante em Portugal", acusam.

A Quercus defende que estes dados "deveriam obrigar a uma reflexão dos atuais titulares" da pasta das florestas.

"Não podemos assistir de forma indiferente à ausência de uma política pública coerente" para suprir as falhas de mercado e promover a florestação com espécies autóctones, em vez da "manutenção de um silêncio cúmplice" com a criação de condições no terreno para a propagação "descontrolada" dos incêndios, critica a associação.

Segundo os técnicos da Quercus, 94% das rearborizações são efetuadas recorrendo ao eucalipto-comum, um peso que considera "exageradamente elevado", e nas novas áreas de floresta é de 81% "igualmente muito elevado".

Para o eucalipto-comum foram autorizados 5.241,7 hectares de ações de arborização ou rearborização, sem financiamento públicos, ficando o pinheiro-bravo pelos 42,8 hectares e o sobreiro nos 25,2 hectares.

Estes números "muito baixos" demonstram que "a exploração destas espécies é cada vez menos atrativa do ponto de vista económico e que as políticas públicas têm que ser mais interventivas", alertam os ambientalistas.

Os concelhos com maior número de processos são Leiria, Tondela, Cantanhede e Mação, e aqueles com maior área proposta são Penamacor e Odemira, seguindo-se Tondela, Fundão e Arouca.

A Quercus acrescenta ainda que os dados do ICNF "não refletem a realidade" ao não contabilizar as plantações ilegais de eucalipto devido à falta de fiscalização.

Nos projetos aprovados no Sistema Nacional de Áreas Classificadas foram plantados 659 hectares de eucalipto-comum em áreas classificadas, sobretudo em Monchique, Malcata e Rio Paiva.

EA //GC.

Lusa/Fim



Tags: que  eucalipto  arborização  quercus  para  regime  hectares  com  aumento  desenfreado  novo  das  diz  dos  muito  rearborização  incêndios  não  são  comum  
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.