Terça, 21 Julho 2015 09:20    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Milfontes: “Não merecemos isto...”
Avaliação: / 1
FracoBom 

Milfontes: “Não merecemos isto...”

 
17-07-2015 9:38:12
   
 

Quatro jogos, quatro derrotas e mais de 40 sofridos – eis o saldo da participação do Clube Desportivo Praia de Milfontes no Campeonato Nacional de Futebol de Praia, que decorre em Sesimbra.

Texto e fotos Firmino Paixão


Um saldo diferente, para pior, do que tinham sido as duas participações anteriores nesta competição de verão, que tem um quadro de sete jornadas, até encontrar as duas formações que se apuram para a fase seguinte. Desse objetivo já a equipa do litoral alentejano está afastada. Entrou mal no campeonato e, como diz o povo, “o que torto nasce, tarde ou nunca se endireita”. Mas não é essa ainda a convicção do treinador Fernando Carvalho, que espera pontuar nos últimos três jogos. O “Diário do Alentejo” esteve na praia do Ouro, em Sesimbra, assistindo à derrota do Milfontes (5-12), no jogo com o Charneca de Caparica, e percebeu que este mau início de campeonato já obrigou a equipa a refazer a sua estratégia, como confirmou o técnico. “É evidente, o objetivo, neste momento, é a melhor classificação possível. Melhorámos muito, quem viu este jogo sabe que o resultado não espelha o que se passou”, disse, e sustentou que “os jogadores não merecem isto, pelo esforço e pelo amor à camisola que mostram ali dentro”.
Quanto às dificuldades identificadas nesta época, que não foram sentidas em campeonatos anteriores, o treinador revelou que “inscrevemos 15 jogadores mas alguns, por motivos profissionais, ficaram condicionados, não temos aqui craques, temos é a humildade de cá vir para tentarmos fazer o nosso melhor. Agora, quando surgem esses condicionalismos, sentimos dificuldades, hoje vieram oito jogadores, são poucos”. Mas assegurou: “Vamos levantar a cabeça, a próxima jornada será no dia 29, teremos tempo para realizarmos quatro treinos e, provavelmente, podemos ainda inscrever mais jogadores”. Fernando Carvalho afiançou, contudo, “que a direção do clube tem feito tudo para que esta equipa consiga melhorar, vamos consegui-lo com certeza, chegou a hora de a má sorte nos deixar, o clube, os jogadores e quem nos apoia, merecem que façamos melhor”. O futebol de praia está perfeitamente assumido em Milfontes, o clube disputa o campeonato pelo terceiro ano consecutivo e “a continuidade do projeto não está em causa, mas, de facto, como disse, ‘o que nasce tordo, tarde ou nunca se endireita’ e quando as coisas deixam de nos correr bem, os jogadores desmoralizam, é muito difícil, mas eu tenho quase a certeza que nos próximos quinze dias teremos tempo para apresentar novas soluções e ver se este figurino melhora”. 
Ou seja, o técnico acredita que nas últimas jornadas pode inverter o rumo dos acontecimentos. “Exatamente, se somássemos nove pontos, garantiríamos um lugar no meio da tabela, uma vez que os nossos objetivos já não serão alcançados, temos que ser realistas nessa análise, este jogo era fundamental, porque somando 12 pontos ainda podíamos ter hipótese de lutar pelos primeiros lugares”. Ainda assim, disse Fernando Carvalho, com realismo, “reconhecemos que estamos afastados, mas também reconhecemos que nunca baixaremos os braços e faremos o melhor que sabemos e podemos para dignificar a camisola que vestimos”. Objetivo que permanece intocável é a promoção do clube e das praias do concelho de Odemira, mensagem que ostentam nas camisolas. “Faz todo o sentido estarmos aqui na praia do Ouro em representação das melhores praias de Portugal que temos no concelho de Odemira, mas também fazia todo no sentido termos lá uma arena onde pudéssemos treinar, penso que esse projeto já está em andamento e, mais tarde ou mais cedo, com o apoio do município de Odemira, que nos tem ajudado imenso, e com o esforço da direção do clube, isso será uma realidade, porque o futebol de praia está enraizado em Milfontes, vai consolidar-se e, no futuro, começaremos a época muito mais cedo, para chegarmos aqui melhor preparados”, concluiu.



Tags: que  não  para  mas  milfontes  nos  praia  jogadores  clube  está  com  mais  melhor    este  ainda  temos  campeonato  isto  muito  
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.