Quarta, 29 Julho 2015 13:03    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
PSD Odemira, Comunicado
Avaliação: / 0
FracoBom 

00h00 - quarta-feira, 29/07/2015

PSD de Odemira critica presidente da Câmara Municipal

A Concelhia de Odemira do PSD critica a inclusão do nome do presidente da autarquia local na lista do PS para as legislativas, acusando-o de querer sair a meio do mandato.
“Vimo-nos assim conduzidos a uma encruzilhada de indeterminação e incerteza, vítimas da ambição pessoal e de um projecto individual de quem a meio do seu mandato autárquico pretende mudar de ares, pois o ‘cheiro’ nauseabundo a insucesso e as promessas não cumpridas obrigam-no a este salto em frente”, argumenta o PSD de Odemira em comunicado enviado ao “CA”.
Além do mais, continua o PSD, o actual “naipe de vereadores” do PS na Câmara Municipa representa “uma solução fraca para Odemira, fruto da centralização de poder municipal e da gestão casuística dos seus pares”.
Nesse sentido, a Concelhia do PSD apela a que os odemirenses se galvanizem na “construção de um novo projecto de futuro para Odemira”, que conduza o concelho “à liberdade e ao tão desejado desenvolvimento sustentável com base em soluções realistas e exequíveis”.

correioalentejo


Comunicado

“E depois do adeus”

Odemira, um concelho centralizado num único poder, está mais vulnerável diante das fragilidades desse mesmo poder.

Confrontados são hoje, todos os Odemirenses com a candidatura do Sr.º Presidente da câmara à assembleia da república no próximo acto eleitoral que se avizinha.

Vimo-nos assim conduzidos a uma encruzilhada de indeterminação e incerteza, vitimas da ambição pessoal e de um projecto individual, de quem a meio do seu mandato autárquico pretende mudar de ares, pois o “cheiro” nauseabundo a insucesso e as promessas não cumpridas, obrigam-no a este salto em frente, perante isso os Odemirenses não devem petrificar, nem pensar que tudo se acabará por resolver, pois o naipe de vereadores do actual executivo socialista, representam uma solução fraca para Odemira, fruto da centralização de poder municipal e da gestão casuística dos seus pares.

Devemos isso sim, galvanizarmo-nos para a construção de um novo projecto de futuro para Odemira, pois não nos podemos nunca esquecer que nós, sim nós, somos os descendentes directos daqueles que deram novos mundos ao mundo, e em Odemira precisamos de finalmente “arejar” o executivo municipal, para que o cheiro a “mofo” que impede o concelho de respirar se dissipe e nos conduza à liberdade e ao tão desejado desenvolvimento sustentável com base em soluções realistas e exequíveis.

Mas antes do adeus e desta tentativa de sair em “grande”, importa frisar algumas das promessas feitas nas últimas autárquicas de 2013, por quem tinha como slogans: “Um rumo de confiança” e “Sempre por Odemira”, de notar que ambos são contrários à linha de pensamento dos Odemirenses, após serem confrontados com esta candidatura.

Mas citando esse exemplar de ilusão que foi e é, o programa autárquico do Partido Socialista para o mandato 2013/2017, passamos a enumerar alguns desses meros passes ilusórios de um mágico de segunda categoria, nomeadamente o pilar 1 de seu título “Desenvolvimento Económico e Emprego”, pois os restantes pilares deste “Plano de Ação”, serão elencados em próximos comunicados, assim temos:

1) Implementar o “Odemira Sustentável” – Programa Estratégico Municipal de Eficiência Hídrica e Energética;
2) Disponibilizar o “Manual do Investidor” desenvolvido em parceria com a ADRAL;
3) Promover parcerias que visem a implementação do Plano de Ordenamento da Albufeira da Santa Clara-a-Velha;
4) Concretizar, em parceria, as novas rotas pedestres no interior do concelho;
5) Adquirir e projectar três novas Áreas de Fixação de Empresas (AFE);
6) Criar Unidades de Serviços de Proximidade;
7) Implementar um Centro de Excelência e Inovação no Concelho de Odemira;
8) Concretizar a Rede de Postos de Turismo;
9) Potenciar o Conselho Municipal do Desenvolvimento Económico;
10) Concretizar o Gabinete de Apoio ao Empreendedor e Via Verde Empresário;
11) Implementar programas de dinamização e incentivos à regeneração dos edifícios nos núcleos antigos, promovendo o investimento de proximidade e a activação do emprego local;
12) Continuar a concretizar o Plano de Rede Viária Municipal designadamente CM 1126 EN262 – Vale Ferro;
13) Pugnar, junto das entidades competentes, pela melhoria do serviço ferroviário exigindo a retoma do serviço regional da Linha do Sul; 
14) … afirmar a rede de certames temáticos como estratégicos para a promoção dos produtos e atividades do concelho de Odemira;
15) Valorizar e diferenciar os produtos de origem local, cumprindo toda a fileira no concelho.

Das acções acima indicadas nenhuma até à presente data foi concretizada, não passam de meras intenções em papel e tudo leva a crer que nada será diferente para melhor.

Passando os olhos pelas restantes acções dos restantes eixos, só podemos afirmar que ao fim de 18 anos de governação autárquica, o legado do partido socialista no concelho foi um legado de estagnação, de clientelismo, de imposição da sua vontade quer por via de ameaças ou do sufoco de quem se atrevia e atreve a pensar de maneira diferente, um legado no qual as pontes políticas com outros partidos concelhios foram obliteradas, tudo em nome do poder pelo poder, favorecendo os projectos pessoais do seu séquito em detrimento da comunidade local.

Um verdadeiro manual de negação da política autárquica.

Para que o futuro seja trilhado num caminho real e responsável, são necessários outros protagonistas políticos, que vejam no seu próximo uma mais-valia e não um alvo a abater, que se ofereçam à causa autárquica com o único intuito de proporcionar qualidade de vida aos Odemirenses renegando aos seus projectos pessoais, pois só assim seremos capazes de chegar mais longe, podendo dar um futuro real a Odemira.
Não somos iluminados, somos gente de corpo e alma como o nosso próximo, precisamos da vossa presença e empenho, partilhem connosco as vossas ideias, opiniões e críticas construtivas, só assim conseguiremos fazer melhor.

Contem com a concelhia do PSD de Odemira, nós acreditamos nos Odemirenses.

Viva Odemira, viva Portugal!



Tags: odemira  que  para  psd  com  concelho  não  municipal  nos  dos  poder  pois  odemirenses  assim  uma  local  seu  mandato  por  mais  
Actualizado em ( Quarta, 29 Julho 2015 16:48 )
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.