Segunda, 14 Dezembro 2015 13:21    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Autarcas do Sudoeste querem Sociedade Polis em ação por mais um ano
Avaliação: / 0
FracoBom 

Autarcas do Sudoeste querem Sociedade Polis em ação por mais um ano
POR ELISABETE RODRIGUES • 10 DE DEZEMBRO DE 2015 - 9:24



João Alves e José Alberto Guerreiro

João Alves e José Alberto Guerreiro, na visita à Praia do Malhão

A possibilidade de «estender as ações da Sociedade Polis por mais algum tempo» é um dos temas principais da reunião que o Conselho de Administração da Sociedade Polis Litoral Sudoeste vai ter amanhã, dia 11 de Dezembro, com a secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, revelou o presidente da Câmara de Odemira.

José Alberto Guerreiro acrescentou que «os quatro presidentes de Câmara» do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (Odemira, Aljezur, Vila do Bispo e Sines) «assinaram, em conjunto, um ofício, dirigido ao senhor Ministro e à senhora Secretária de Estado, solicitando a prorrogação desta intervenção por mais um ano». «O Conselho de Administração também comunga desta necessidade» de prolongar o prazo da Polis Litoral Sudoeste, frisou o autarca odemirense.

A reunião com a secretária de Estado Célia Ramos servirá ainda para «avaliarmos o que ganhámos com estas iniciativas, fazer o ponto da situação sobre as intervenções», acrescentou José Alberto Guerreiro, que falava durante uma visita de trabalho que a Câmara de Odemira promoveu ontem, às obras executadas pela Sociedade Polis, concluídas e em curso, no litoral deste concelho alentejano.

«Só com este esforço conjunto e com esta junção de vontades será possível desenvolver o que ainda falta», sublinhou ainda o autarca.

João Alves_José Alberto Guerreiro_Jorge Barbas

João Alves, José Alberto Guerreiro e Jorge Barbas, junto à Praia da Zambujeira do Mar

Também João Alves, membro do Conselho de Administração da Polis Litoral Sudoeste, em representação do ICNF, e, na prática, número 2 desta Sociedade Polis, manifestou a esperança de que «o novo Governo possa dar mais tempo para concluir obras em curso e para executar as que ainda estão em projeto».

Para mais porque, sublinhou, tal situação se fará «sem mais despesa para o Estado», uma vez que a Polis tem «verbas disponíveis para o Litoral Alentejano», resultantes, por exemplo, do capital já realizado pelos municípios.

«Todos temos a esperança de, na sexta-feira, recebermos boas notícias da nova tutela», admitiu João Alves.

Ainda assim, se o Governo não for sensível aos argumentos dos autarcas e dos outros membros do Conselho de Administração da Polis Sudoeste, ou seja, «se a prorrogação não acontecer», em fase de liquidação «ainda ocorrerá a finalização de alguns trabalhos que estão a decorrer, na Zambujeira, em Milfontes, e nós concretizaremos quase 80% do que estava previsto», revelou o presidente da Câmara de Odemira.

José Alberto Guerreiro

José Alberto Guerreiro, presidente da Câmara de Odemira, no portinho da Lapa das Pombas

José Alberto Guerreiro garantiu mesmo que «o Município que mais investiu, que mais dedicou um esforço muito particular a esta intervenção e que, no conjunto daquilo que estava inicialmente previsto, mais conseguirá concretizar, é o de Odemira».

«Porquê? Porque apostou com muito capital nesta sociedade. Temos, neste momento, constituídos cerca de 3,1 milhões de euros de capital social, mas estamos conscientes que, a concretizar as restantes ações, podemos chegar aos 5 milhões de euros de capital social», explicou.

«Isso num conjunto de atividades no terreno que, neste momento, se cifra em 10 milhões de euros e que pode vir a atingir 16 milhões, se for concretizada a Eco-Ciclovia e o desassoreamento do Mira, em Vila Nova de Milfontes», disse ainda o autarca.

«Neste momento, com tudo o que está no terreno, podemos estar satisfeitos. Houve um conjunto de vontades, que ultrapassaram dificuldades, ultrapassaram barreiras, e que chegam até aqui com a firme determinação de fazer deste um litoral de excelência», concluiu.


ODEMIRA: AUTARCAS VÃO PEDIR PROLONGAMENTO DAS INTERVENÇÕES DO POLIS

João Alves e José Alberto Guerreiro durante a visita técnica
João Alves e José Alberto Guerreiro durante a visita técnica

O prolongamento, por mais um ano, das ações que a Sociedade Polis está a realizar no Litoral Sudoeste é uma das questões a abordar na reunião entre o Conselho de Administração da Sociedade Polis com a Secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, esta sexta-feira, dia 11 de dezembro.


Os autarcas das regiões onde decorrem as intervenções – Odemira, Sines, Aljezur e Vila do Bispo -, querem ver prolongados os prazos para a conclusão das intervenções e é isso mesmo que vão transmitir à nova responsável pela pasta adiantou o presidente da Câmara de Odemira, José Alberto Guerreiro.

Intervenção da Polis na praia do Malhão
Intervenção da Polis na praia do Malhão

João Alves, membro do Conselho de Administração da Sociedade Polis Litoral Sudoeste, espera que o atual Governo possa dar mais algum tempo para concluir algumas intervenções, assim como executar algumas obras ainda em projeto aproveitando as verbas disponíveis.

polis_odemira

Declarações de João Alves, membro da Polis Litoral Sudoeste e do presidente da Câmara de Odemira, José Alberto Guerreiro, durante uma visita de trabalho que a autarquia efetuou às intervenções em curso, no concelho de Odemira.
Até ao momento foram concluídas cerca de 80 por cento das intervenções previstas no plano de requalificação e ordenamento do litoral sudoeste.

antenamirobriga



Tags: que  polis  mais  sudoeste  odemira  sociedade  litoral  alberto  guerreiro  com  josé  ainda  por  para  intervenções  das  câmara  alves  joão  autarcas  
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.